9 Passos para otimizar imagens para SEO

9 passos para otimizar imagens para SEO

As imagens são fundamentais para assegurar que seu conteúdo seja mais acessível, bonito e mais envolvente para o usuário, e se tratando de SEO elas são igualmente importantes.

Primeiro, elas dão aos mecanismos de pesquisa informações contextuais importantes. E em segundo lugar, o Google Imagens se transformou em uma fonte direta de tráfego. Antes o usuário clicava em qualquer resultado no Google Imagens era direcionado para o arquivo original da imagem, agora ele vai direto para a página a qual a imagem pertence, ou seja, o usuário é enviado direto do resultado de pesquisa por imagens para seu site.

A otimização de imagem é o processo de criação e entrega de imagens de alta qualidade no formato, tamanho e resolução ideais para aumentar o envolvimento do usuário. Também envolve a identificação precisa de imagens para que os rastreadores dos mecanismos de pesquisa possam lê-las e entender o contexto da página.

De acordo com o HTTP Archive , as imagens representavam em média 21% do peso total de uma página da web em novembro de 2019. Como as imagens consomem mais bytes do que qualquer outra parte de um site, seu tamanho e complexidade influenciam fortemente o desempenho do site.

Se você reduzir o tamanho das imagens sem comprometer a qualidade, o tempo de carregamento da página melhora e, consequentemente, a experiência dos visitantes do site também. Um estudo do Aberdeen Group mostra que um atraso de um segundo no tempo de carregamento equivale a uma queda de 7% nas conversões e que cerca de 40% das pessoas abandonam um site que leva mais de três segundos para carregar.

A experiência do usuário aprimorada e as interações com o seu site têm um impacto positivo nas classificações do mecanismo de pesquisa, o que melhora ainda mais o envolvimento, as conversões e a retenção do cliente.

Agora vou começar a explicar como você pode otimizar as imagens que vai usar em seu site:

1. Redimensione suas imagens

O tamanho da imagem e o tamanho do arquivo não são a mesma coisa. O tamanho da imagem se refere às dimensões de uma imagem (por exemplo, 1024 por 680 pixels). O tamanho do arquivo é a quantidade de espaço necessária para armazená-lo no servidor (por exemplo, 350 kilobytes).

Imagens com resolução mais alta e dimensões maiores (geralmente criadas com uma câmera profissional) reduzem consideravelmente o tempo de carregamento da página. Embora funcionem bem para reprodução de impressão, é necessário reduzir o tamanho do arquivo sem perder muita qualidade para que funcionem bem na web.

Dica: Mando aqui um link super útil de um site para otimização de imagens, que em alguns casos podem reduzir o tamanho do arquivo em mais de 50% sem perder qualidade: É o https://imagecompressor.com/ 

Escolha o formato de arquivo adequado

PNG, JPEG e GIF são populares. Cada um tem seus benefícios. Eu recomendo JPEG para imagens com muitas cores, fotos principalmente e PNG para imagens simples.

Principais formatos de imagens para web

Defina a taxa de compressão correta

Se você compactar muito uma imagem, o tamanho do arquivo será pequeno, mas a qualidade da imagem será ruim. Por outro lado, quando você usa uma taxa de compactação baixa, a qualidade da imagem é alta, mas o tamanho do arquivo é enorme.

O ideal é fazer experiências com os tipos de arquivo e taxas de compactação para ver o que funciona melhor para cada imagem. Muitas ferramentas de edição de imagens, incluindo o Adobe Photoshop, possuem uma opção “salvar para a web”, que minimiza automaticamente o tamanho do arquivo enquanto otimiza a qualidade da imagem.

Se você não tem o Photoshop, aqui estão algumas ferramentas populares:

Ferramentas de otimização de imagem

Plug-ins WordPress para otimização de imagem

Otimização de teste para velocidade

Depois de otimizar suas imagens, como saber se o tempo de carregamento da página do seu site é rápido o suficiente? Use uma das seguintes ferramentas para testar a velocidade do seu site:

Como seu site e conteúdo mudam com frequência, é uma boa ideia verificar suas estatísticas ao longo do tempo.

2. Otimize os nomes dos arquivos de imagem

Escolher o nome de arquivo correto é importante para o SEO da sua página e fundamental para a classificação nos resultados da pesquisa de imagens. Antes de enviar qualquer imagem, nomeie o arquivo com palavras-chave descritivas relevantes para obter o máximo de poder de SEO.

Inclua palavras – chave alvo no início e separe-as com hifens. Não use sublinhados porque os mecanismos de pesquisa não os reconhecem e não serão capazes de “ver” as palavras individualmente.

Os nomes dos arquivos devem fazer sentido tanto para os mecanismos de pesquisa quanto para os humanos. Por exemplo, o nome original de uma imagem de uma mulher em um salão de cabeleireiro é “salon234.jpg”. Renomeie-o com um título claro e mais descritivo, como “mulher-tendo-um-corte-de-cabelo-em-um-salão.jpg”.

3. Use tags alt

Os espectadores podem entender do que se trata uma imagem, mas os spiders dos mecanismos de pesquisa ainda precisam de pistas. Sem um texto alternativo , é impossível para os mecanismos de pesquisa indexarem com precisão o conteúdo da imagem. Uma boa alt tag fornece contexto e também ajuda usuários com deficiência visual. Mesmo quando as imagens não estão carregando por causa de uma falha, os mecanismos de pesquisa ainda podem ler o texto alternativo para ajudar a classificar uma página. Palavras relevantes para a marca podem ser incluídas aqui para aumentar a visibilidade. Apenas evite o excesso de palavras-chave.

Forneça mais detalhes do que você incluiu no nome do arquivo. Embora não exista um número ideal de palavras, use de 10 a 15 para transmitir algo sobre a imagem.

4. Otimize o título da imagem

Se você usa o WordPress, o título da imagem geralmente é tirado do nome do arquivo, então às vezes você pode deixá-lo como está. Se você não usa WordPress ou o título não explica a imagem, renomeie-a com as palavras-chave apropriadas da mesma forma que os nomes dos arquivos.

Os títulos das imagens são menos importantes para o SEO, mas podem fornecer contexto adicional ao texto alternativo. Os títulos das imagens são mais úteis em termos de envolvimento do usuário. Considere adicionar uma breve frase de chamariz, como “compre agora” ou “baixe hoje”.

5. Incluir legendas

As legendas das imagens – as palavras logo abaixo das imagens – podem não ter um impacto direto no SEO, mas, ao contrário dos nomes de arquivo e do texto alternativo, as legendas são visíveis na página de um site. Por esse motivo, elas podem melhorar a experiência do usuário.

A maioria das pessoas é atraída pelas legendas das imagens para ter uma ideia do conteúdo geral, principalmente quando se trata de fotografias onde não há nenhum texto significativo na imagem. Sem as legendas das imagens, suas taxas de rejeição podem aumentar, prejudicando sua credibilidade com os mecanismos de pesquisa.

Usar fotos de banco de imagens (stock photos)  é bom, mas elas não necessariamente ajudarão em suas classificações de pesquisa, pois outros sites costumam usar as mesmas imagens. Da mesma forma que conteúdo escrito exclusivo é melhor para SEO, é uma boa ideia fazer upload de imagens exclusivas sempre que possível.

7. Certifique-se de que seu texto complementa as imagens

O texto na página (copy) pode ajudar os mecanismos de pesquisa a determinar a relevância de suas imagens. Se não incluir informações suficientes para explicar uma imagem, adicione um texto mais relevante e descreva a imagem, se possível.

8. Adicione dados estruturados de imagem

Adicionar dados estruturados às suas páginas ajuda os mecanismos de pesquisa a exibir suas imagens como resultados avançados . O Imagens do Google oferece suporte a dados estruturados para imagens, vídeos e receitas de produtos. Por exemplo, se você tem receitas em seu site e adiciona dados estruturados às suas imagens, o Google pode adicionar um emblema à sua imagem mostrando que ela pertence a uma receita.

Use as diretrizes gerais de dados estruturados do Google para aprender como adicionar dados estruturados às suas páginas dentro dos parâmetros do mecanismo de pesquisa.

9. Use Sitemaps

De acordo com o Google, um sitemap é “um arquivo onde você pode listar as páginas do seu site para informar ao Google e a outros mecanismos de pesquisa sobre a organização do conteúdo do seu site”. Em outras palavras, é um arquivo que contém um mapa do conteúdo do seu site.

Os sitemaps são uma parte importante do SEO porque informam aos mecanismos de pesquisa todas as páginas do seu site. Para garantir que os rastreadores dos mecanismos de pesquisa observem cada imagem – um infográfico, meme, foto, miniatura de vídeo etc. – inclua-as no mapa do site.

Para essas entradas de mapa de imagem, inclua o título, a descrição, a localização do URL, a legenda e as informações da licença. 

Se o seu site estiver hospedado no WordPress, você pode usar o Yoast SEO , que adicionará automaticamente seu conteúdo visual a um mapa do site.

Conclusão

Se você está dando duro para fazer seu conteúdo ser notado, lembre-se dessas estratégias antes de enviar qualquer imagem. Essas técnicas de otimização de imagem irão melhorar a aceitação de seu conteúdo por mecanismos de pesquisa e usuários humanos.

Observação: todas as ferramentas incluídas em nossas postagens de blog são sugeridas pelos autores, não pelo autor e pela equipe editorial da Go Roi. Nenhuma postagem pode fornecer todas as ferramentas relevantes no espaço. Sinta-se à vontade para incluir ferramentas adicionais nos comentários (sejam elas da sua empresa ou daqueles que você já usou).

Deixar uma resposta