Como promover ofertas de afiliados com anúncios do Google Ads

Afiliado com tráfego pago do google

O sucesso do marketing de afiliados exige tempo, esforço e foco. É preciso consistência, uma estratégia bem planejada e muito marketing de conteúdo e promoção. Infelizmente, isso nem sempre é um roteiro realista. Quando você precisa de acesso rápido a leads com suas ofertas de afiliados, os anúncios pagos do Google podem ajudá-lo a converter seu público-alvo em curto prazo.

A geração de leads orgânicos é valiosa no marketing de afiliados, mas é um processo lento. Pense no tempo que leva para executar campanhas de e-mail, construir páginas de entrada e fornecer conteúdo robusto para clientes em potencial. Para atrair seu público-alvo, você precisa fazer muita pesquisa e rastreamento de análises.

Como seu sucesso como um vendedor afiliado está fortemente vinculado às vendas, ter uma estratégia rápida de aumento de leads pode ser um grande alívio. Obviamente, leads rápidos não substituem o foco e o trabalho árduo, mas são um ponto de partida sólido enquanto você desenvolve seu conteúdo. Os anúncios pagos também podem ajudar a impulsionar suas campanhas, uma vez que você já construiu um processo sólido.

Por que os anúncios pagos do Google Ads são uma boa opção?

Aqui está uma estatística que você deve ter consciência: 77% das pesquisas online acontecem no Google.

Isso significa que, quando as pessoas procuram quase qualquer produto ou serviço, elas começam digitando no Google. É uma grande rede para lançar. O Google se tornou o primeiro (e às vezes o segundo) estágio dos ciclos de vendas em inúmeros setores, e o marketing de afiliados é um deles. Se sua oferta de afiliado precisa de leads rápidos, uma campanha de anúncios pagos do Google é um dos melhores lugares para começar. 

No entanto, esse tipo de campanha de marketing de afiliados não envolve inserir algumas palavras-chave e clicar no botão Iniciar. Existem etapas que você deve seguir para aumentar suas chances de sucesso com sua campanha de anúncios pagos do Google.

Para promover ofertas de afiliados com anúncios do Google Ads, você deve:

1 – Descobrir se há alguma proibição ou restrição para anúncios no Google Ads e quais são as regras

O marketing de afiliados vem com muitas regras e diretrizes. Cada empresa com a qual você trabalha provavelmente terá suas próprias regras exclusivas em vigor, portanto, esteja ciente do que é permitido antes de se aventurar no caminho dos anúncios pagos. 

Para algumas empresas, o tráfego de anúncios pagos é permitido, mas deve passar por seu próprio site e não diretamente para suas páginas de destino. Para outras pessoas, você pode configurar campanhas publicitárias com links diretos para seus sites. Na verdade, alguns podem encorajá-lo a fazer isso.

Cabe a você encontrar as informações mais confiáveis sobre regras e diretrizes. Se você não seguir as regras estabelecidas pelos programas para suas ofertas de afiliados, você pode ser banido, o que o deixaria com a mão na massa, com todo o dinheiro gasto em anúncios pagos desperdiçado.

2 – Saber se o Google Ads aceita o tipo de produto que pretende anunciar

O Google Ads é um programa meticuloso. Os menores erros podem fazer com que sua conta ou seus anúncios sejam suspensos. E até mesmo sua indústria pode ser motivo para ter seus anúncios removidos ou rejeitados. Revise as diretrizes com uma lupa. Não há nada mais frustrante do que planejar uma campanha e ter que encerrá-la porque sua categoria de produto não é permitida nos anúncios do Google.

 

Leia os termos de serviço e não perca tempo trabalhando em campanhas que o Googe Ads não vai rodar.

3 – Construa seu Site

Para onde você está enviando o tráfego de anúncios pagos? Melhor ainda, onde os usuários serão convertidos ou como os usuários adicionarão seus e-mails à sua lista de distribuição? Como eles entrarão em contato com você? Essas são perguntas que você deve responder, mesmo que não esteja se aventurando no mundo dos anúncios pagos. 

Utilizar as plataformas sociais como base para finalizar negócios tornou a configuração de uma estrutura de vendas online mais simples para muitos usuários, porém as redes como Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest e Linked In deveriam ser extensões de sua estrutura web própria, ou seja seu site próprio onde você (ou seu webdesigner) têm liberdade para fazer qualquer modificação.

Também é um erro presumir que você pode enviar tráfego pago para as páginas de destino de programas afiliados. Principalmente para páginas de venda direta. Muitos programas têm regras que vão contra a prática. Em última análise, você precisa de seu próprio site ou página de destino para coletar os leads gerados por seu anúncio e construir seu público com o dinheiro investido, visto que, segundo pesquisas mais de 90% dos compradores não efetivam nenhuma transação na primeira visita.

Não há como controlar uma página de destino ou um site criado por uma empresa terceirizada afiliada à sua oferta. Por exemplo, você não pode ter certeza de que está livre de malware ou que não viola nenhuma das regras do Google. Ter seus anúncios suspensos pode ser um processo irritante de reverter, então esteja preparado.

Seu site ainda precisará ser otimizado e, pelo menos, você deve planejar um conteúdo que incentive seus leads a converter. Mesmo o tráfego pago não será convertido se você não tiver um conteúdo ou um copy atraente.

Você pode optar por uma plataforma grátis como o Blogger ou Google Sites, mas para ter total controle sobre seu site o ideal é que se tenha um domínio próprio e uma hospedagem como a hostgator, onde você mantem um site com mensalidades a partir de R$24,19 de com WordPress ou outro CRM que você domine (o ideal para ganhar tempo). Construtores de site como o Wix também podem ser uma boa pedida por serem intuitivos, portanto relativamente fáceis de usar e bastante personalizáveis.

4 – Faça um excelente gerenciamento de campanha

O maior favor que você pode fazer para a saúde do seu investimento no Google Ads vendendo como afiliado é planejar e estruturar meticulosamente sua campanha. A plataforma oferece inúmeras opções para configuração e segmentação bem como o Aprendizado de Máquina do Google Ads que pode otimizar sua campanhas baseado em suas metas.

Procure ter grupos de anúncios bem organizados e prontos para capturar palavras-chave relevantes. Faça uma lista de palavras-chave, verifique se suas palavras-chave serão exibidas e divida tudo em segmentos. O programa oferece excelentes ferramentas de segmentação – não tenha medo de usá-las. Organize os grupos de anúncios por tipos de correspondência para obter os melhores resultados.

5 – Evite usar termos de marca

Ao fazer suas listas de palavras-chave, evite usar termos de marca reais. As marcas costumam ter uma classificação mais elevada do que qualquer outra por seus próprios nomes e títulos de produtos. Você pode ter uma classificação mais elevada com palavras-chave que se concentram nas pesquisas que seus leads provavelmente fariam se estivessem em busca de serviços ou produtos semelhantes aos seus.

Palavras-chave de cauda longa são uma maneira mais rápida de converter.

Comece pequeno

Freqüentemente, empresas ou empreendedores digitais iniciantes no Google Ads cometem o erro de jogar grandes quantias de dinheiro em campanhas publicitárias sem um plano real. Eles presumem que mais dinheiro equivale a mais leads, e não há rima ou razão para sua estratégia de anúncio. 

Não faça isso!

Comece com um pequeno orçamento e teste, teste, teste. Isso não significa o valor mínimo, aliás. As métricas de publicidade do Google comparam seus anúncios com outros, e um dos qualificadores é o gasto com publicidade. Gaste o mínimo que puder sem tornar o anúncio invisível e execute testes A / B para descobrir o que funciona.

Junto com o orçamento, o segredo mais pouco conhecido é utilizar palavras-chave de “correspondência exata”. Quando você insere palavras-chave no Google Ads por padrão, elas são “correspondência ampla”. Palavras-chave de correspondência ampla irão corresponder a todos os tipos de palavras-chave diferentes relacionadas ao que você deseja corresponder em seus anúncios Google Ads – aumentando o custo de seus anúncios e, em uma nova campanha não testada, sua taxa de conversão para baixo.

Use palavras-chave exatas para controlar completamente onde seus anúncios são exibidos e fazer valer cada centavo investido.

A melhor maneira de começar seus anúncios pagos do Google Ads é planejar, implementar uma pequena quantidade de cada vez, testar e ajustar com base no que está funcionando. Depois de atingir um ponto ideal em seu marketing, você pode aumentar seu orçamento e seus esforços.

Conclusão

Lembre-se dessas dicas para tornar sua aventura na publicidade paga mais tranquila:

  • Evite usar termos de marca para seus anúncios pagos, pois muitos comerciantes não permitem links diretos.
  • Otimize suas páginas de destino e sites para seu nicho geral e sempre rastreie cliques em links.
  • Certifique-se de entender as diretrizes do programa de afiliados!
  • Acompanhe as diretrizes de conformidade e aceitação do Google com frequência.
  • Comece com um orçamento pequeno.
  • Comece com palavras-chave de “correspondência exata”.
  • Monitore suas campanhas publicitárias pagas com freqüência.
  • Quando suas campanhas estiverem ganhando dinheiro, amplie-as.
  • Nunca use anúncios pagos como sua ÚNICA estratégia de marketing de afiliados.

Os anúncios pagos do Google são uma ótima maneira de fazer seu marketing decolar com mais rapidez. Embora haja muito espaço para erros, não descarte essa estratégia. Use-o com sabedoria (certifique-se de verificar as regras de forma consistente) e você poderá obter leads rápidos quando precisar deles!

Tem suas próprias dicas ou práticas recomendadas para anúncios Google Ads? Deixe aqui nos comentários.